Governo da Bahia
iG
Imóveis

Empresa dá dicas de segurança para quem vai viajar nas férias de julho

Ações simples ajudam a tranquilizar as pessoas durante o período

09/07/2015 - 15:30
Foto: Divulgação/Ilustração

Com a chegada das férias de julho, muita gente está planejando viajar para curtir ao lado da família alguns dias de folga, seja na praia ou no interior. No entanto, não é só na hora de fechar o preço do hotel ou pousada que o consumidor deve ficar atento.

Para que não haja surpresas desagradáveis na volta para casa, tais como roubos e invasões domiciliares, também é importante tomar algumas precauções, para manter a tranquilidade de toda a família.

No Brasil, a preocupação com assaltos a estabelecimentos comerciais e domicílios cresce bastante durante as férias.

“Elaboramos uma lista com algumas dicas e informações úteis que podem fazer a diferença para quem está planejando viajar e ficar tranquilo”, explica Denilson Colodetti Pinheiro, Diretor Geral de Alarmes da Prosegur.

Para quem vai deixar a residência e curtir as férias, seguem algumas dicas para minimizar a chance de ocorrências desagradáveis:

-- Durante a programação de viagem, não é recomendável comentar com estranhos por quanto tempo o imóvel ficará vazio;

-- Se possível, cancele a entrega de revistas e jornais durante esse período;

-- Antes de viajar, desligue sempre o registro geral de água e de gás, assim você evita acidentes e economiza gastos;

-- Para não expor a ausência de pessoas nas casas, deixe as persianas fechadas, essa ação dificulta saber se há ou não alguém no imóvel;

-- Peça para algum vizinho retirar as correspondências deixadas na caixa. O acúmulo delas na sua porta revela que não há ninguém em casa;

-- Não é recomendável deixar dinheiro, joias e objetos de valor dentro do imóvel, a menos que estejam guardados em um cofre seguro.

Além dessas dicas, a Prosegur recomenda que antes de agendar viagens, o proprietário da residência instale um sistema de segurança projetado para o seu tipo de imóvel.

“Domicílios que contam com uma empresa de segurança para monitoramento reduzem expressivamente o sucesso dos criminosos”, comenta Denilson. 

Últimas Notícias