Governo da Bahia
iG
Antonio Larangeira

Coluna do dia 29/06/2016

29/06/2016 - 00:05

Feirense premiado em Economia

A  monografia "Globalização e ampliação do mercado de futebol: a economia dentro de campo", de Fabiana Barros Correia foi a grande vencedora do Prêmio de Monografia Economista Jairo Simões no ano de 2016. Fabiana graduou-se recentemente no curso de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Feira de Santana  e teve o trabalho de conclusão selecionado pelo Colegiado de Ciências Econômicas como um dos representantes da instituição. O Prêmio Jairo Simões é aberto a todas as escolas de economia do Estado da Bahia. A monografia classificada em primeiro lugar será encaminhada pelo Conselho Regional de Economia da Bahia (Corecon-BA), organizadora do concurso, para participação no Prêmio Brasil Economia, promovido pelo Conselho Federal de Economia.

Empreendedorismo 

Um dos principais efeitos da crise econômica é o aumento no número de pessoas que trabalham por conta própria. Nos três primeiros meses de 2014, o número chegava a 20,9 milhões. No mesmo período de 2015, passou para 21,7 milhões. Este ano, já ultrapassou os 23 milhões, segundo o IBGE. Levantamento feito pelo Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) mostrou que 35% das matrículas realizadas no interior da Bahia em 2016 foram feitas em cursos de áreas ligadas ao empreendedorismo, como Administração e Ciências Contábeis.

Interdição de Pedra do Cavalo

O Ministério Público Federal na Bahia recomendou, na última terça-feira,21, que o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) realize a interdição das atividades e não renove a licença de operação da Usina Hidrelétrica da Pedra do Cavalo, administrada pelo Grupo Votorantim. A diretora do órgão, Márcia Cristina Telles de Araújo Lima, tem o prazo de dez dias para informar se irá acatar a recomendação. O empreendimento está localizado na área de proteção ambiental da Reserva Extrativista Marinha Baía do Iguape, localizada nos municípios baianos de Cachoeira e São Félix, e, segundo o Instituto, encontra-se com a licença de operação vencida desde fevereiro de 2009. O procurador da República Pablo Barreto, autor do documento, considera que o funcionamento da usina provoca a morte da fauna do rio Paraguaçu, prejudicando as milhares de famílias extrativistas da região, que sobrevivem desses recursos. E como fica a finalidade da Usina para a comunidade?

Embasa está nem aí...

A Embasa, ao que parece, não tomou conhecimento das leis aprovadas na Câmara Municipal de Feira de Santana e a mais recente, que reduz de 80% para 40% a taxa de esgoto na conta de água. Até aqui, a empresa não cumpre e nem contesta na justiça sua legalidade.

Cirurgia

Regressando de São Paulo, onde se submeteu a um cirurgia, o ortopedista Benicio Cavalcanti, que também é o presidente do Núcleo dos Criadores de boi Guzerá Bahia-Sergipe.

Esta coluna é publicada no site da Tribuna da Bahia, Jornal Grande Bahia e Noticias da Bahia, diariamente e é de propriedade da Editora Feira da Bahia Ltda.

Últimas Notícias