Governo da Bahia
iG
Turismo

Conheça os encantos naturais e históricos da Serra Gaúcha

Municípios herdeiros da colonização europeia recebem a tocha nesta sexta-feira

08/07/2016 - 14:31
Foto: Diego Campos/Ascom/MTur
Parque do caracol. Canela/RS

A menos de 30 dias para o início dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, a Tocha Olímpica segue seu trajeto pela região Sul. Nesta sexta-feira (8/7), sete municípios da serra gaúcha serão os anfitriões do revezamento que tem animado moradores e turistas de todo o país. O ponto de partida será em Canoas, passando por Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis e, por fim, Caxias do Sul.

A Agência de Notícias do Ministério do Turismo está na região para  acompanhar o trajeto da chama olímpica e aproveitou para selecionar passeios encantadores em três destinos, e o melhor: em uma viagem só. Isso porque as cidades são próximas umas das outras.

Canela está a 10 minutos de Gramado que, por sua vez, está a 40 minutos de Nova Petrópolis. O acesso a esses destinos se dá, apenas, por rodovias estaduais.Para a realização do roteiro, a equipe do MTur contou com a colaboração especial dos guias de turismo, Álvaro Mesquita e Rose Gobbi.

Canela – A prática do ecoturismo e a presença de parques temáticos são características da cidade. A visita ao Parque do Caracol impressiona pela imensidão da vista de uma queda d’água com 131 metros de altura em meio a montanhas cobertas pela neblina. Para dar emoção ao passeio, vale a descida da escadaria com 736 degraus que leva o turista até a base da cachoeira.

Quem estiver acompanhado de crianças, é interessante leva-los para um passeio histórico no parque que reconta a revolução industrial e como o Brasil funcionava com as máquinas a vapor. Lá está, ainda, a menor fábrica de papel do mundo. O visitante acompanha o processo de produção e ainda leva o papel de lembrança pra casa.


Mini Mundo. Gramado/RS. Foto: Diego Campos/Ascom/MTur

Gramado – Assim como Canela, Gramado é apaixonante.  Uma cidade em miniatura e seus 2500 mini-habitantes de diversos países estão representados no primeiro atrativo turístico de Gramado, o Mini Mundo. Se estiver a dois, vale um passeio de pedalinho no parque Lago Negro – as árvores que contrastam com o esverdeado do lago artificial foram importadas da Floresta Negra da Alemanha.


Lago Negro. Gramado/RS. Foto: Diego Campos/Ascom/MTur

O primeiro Museu de Cera da América Latina com 100 réplicas fiéis das mais renomadas personalidades, nacionais e internacionais, também está em Gramado. É imperdível a ida ao único parque de neve indoor do país com opções para simulação de ski, snowboard e patinação no gelo.

A gastronomia também se tornou atrativo em Gramado. Fondue, vinho, chocolate caseiro e o café colonial são indispensáveis ao paladar do visitante. Na Rua Coberta, estão os principais bares, restaurantes e, claro, o movimentado comércio.

No centro está a Igreja São Pedro e o Palácio dos Festivais, que, há quatro décadas, premia os melhores filmes nacionais e latinos no Festival de Cinema de Gramado.

Nova Petrópolis – A pausa para diversão é no Labirinto Verde – um arbusto com vegetação natural com caminhos que desafiam o turista a entender qual local de partida e de chegada. Para apreciar o pôr do sol entre as montanhas, vale a visita no Ninho das Águias.

É de lá, inclusive, que o fogo olímpico parte para Caxias do Sul, cidade onde será realizada a festa de celebração do revezamento da tocha.

Investimentos – O Ministério do Turismo destinou mais de R$ 50 milhões para obras de infraestrutura turística nos sete municípios por onde a tocha passa nesta sexta-feira. 

Entre os destaques de obra está a instalação das placas de sinalização turística - fundamentais para facilitar o deslocamento dos viajantes aos principais atrativos da região, além de informar os serviços públicos, o acesso aos bairros e as principais saídas para os municípios vizinhos.

Últimas Notícias