Governo da Bahia
iG
Notícias

1.600 toneladas de lixo são recolhidas

A expectativa é a de que sejam recolhidos pouco mais de 1.607 toneladas, número registrado em 2016

Yuri Abreu | 02/03/2017 - 09:58

A festa e a animação acabaram. Agora, o momento é de recomeçar e o primeiro passo é deixar a cidade limpa novamente após os 10 dias de Carnaval. De acordo com o último balanço da Limpurb, foram recolhidos, até a manhã de ontem, mais de 1.260 toneladas de lixo nos três principais circuitos da festa: Barra/Ondina, Campo Grande e Centro Histórico. A expectativa é a de que sejam recolhidos pouco mais de 1.607 toneladas, número registrado em 2016.

“Esperamos um aumento de cerca de 1% no total de resíduos recolhidos”, afirmou o presidente da Limpurb, Kaio Moraes. Segundo ele, a segunda-feira de Carnaval foi o dia em que os mais de três mil agentes espalhados pelos circuitos recolheram mais lixo, em sua maioria embalagens de cerveja e garrafas pets de água. “As latinhas não foram muito encontradas, pois foram recolhidas pelas cooperativas”, salientou. A região onde teve o maior índice estava localizada entre o Morro do Cristo e o bairro de Ondina.

“As ações transcorrem até o próximo domingo, incluindo aí também a lavagem dos circuitos. Temos também o chamado ‘lixo invisível’, que só será possível recolher após o desmonte dos camarotes. Apesar de este ser o primeiro carnaval no qual estou a frente da Limpurb, a avaliação é positiva, pois percebemos que o índice de reclamação diminuiu, sendo um dos melhores do últimos anos”, comentou.

ESQUEMA
Com uma programação mais intensa de limpeza desde o último dia 23/2, primeiro dia oficial dos desfiles, a Limpurb iniciou, na manhã de ontem, a varrição e a lavagem completas dos principais circuitos da folia. No Barra/Ondina, a operação começou após o tradicional arrastão. Também haverá equipes realizando o serviço nos bairros onde aconteceram festas.

Segundo a Limpurb, as faxinas executadas nos locais de folia consistirão em três etapas. Na primeira, os agentes de limpeza farão a varrição das ruas e avenidas. Depois entram os caminhões compactadores para o recolhimento dos resíduos. Logo em seguida, é feita a lavagem com caminhões-pipa. De acordo com Kaio Moraes, todo o lodo que fica acumulado nos passeios, na pista e nos meio-fios será retirado durante esta ação.

Últimas Notícias