Governo da Bahia
iG
Notícias

4 alimentos concentrados na forma de suplementos

Cada suplemento é indicado a um determinado fim, possuindo dentro da sua composição a concentração de determinados alimentos. Vamos conhecer os mais relevantes?

Acorda Cidade, site parceiro da Tribuna da Bahia Online | 12/05/2017 - 14:04
Foto: Pixabay/Creative Commons
Quem faz musculação precisa ter uma dieta consistente e que condiz com o seu objetivo

A prática de atividades físicas é algo que se torna cada vez mais comum na atualidade. Pessoas buscam melhor qualidade de vida, manutenção de saúde, um corpo mais bonito e aumento da força muscular.

A alimentação também faz parte desse conjunto que visa todas essas melhorias. Não à toa, quem faz musculação precisa ter uma dieta consistente e que condiz com o seu objetivo.

Existe também a suplementação, que é um complemento à alimentação. Esses suplementos são à base de proteína, excelentes para auxiliar o crescimento muscular, reduzir o desgaste e melhorar a capacidade de recuperação das microlesões que acontecem com os músculos durante os treinos.

O que contém em cada um dos suplementos?

Cada suplemento é indicado a um determinado fim, possuindo dentro da sua composição a concentração de determinados alimentos. Vamos conhecer os mais relevantes?

- Suplemento de batata-doce em pó (batata-doce): um dos alimentos mais queridos de quem malha é a batata-doce. Ela está presente em praticamente todas as dietas como uma fiel companheira.

Em forma de suplemento, a batata-doce em pó é ideal para o preparo de massas doces ou salgadas, para incrementar shakes, além de deixar sopas e molhos mais nutritivos. Contém baixo índice glicêmico e é muito rica nas fibras, o que é ideal para repor energia ao organismo.

- Suplemento da proteína da soja (soja): para quem prefere suplementos naturais, existe o soy protein, que é feito com a proteína extraída da soja. É ideal para quem tem colesterol ruim (LDL) alto, porque ajuda a aumentar os níveis de colesterol bom (HDL), além de auxiliar no ganho de massa muscular de forma saudável.

É a opção preferida dos vegetarianos que praticam musculação, pois não utiliza proteína de origem animal. Outra característica positiva é especialmente para as mulheres: esse suplemento ajuda a regular os níveis de hormônios, diminuindo os sintomas da TPM e da menopausa. Também pode ser usado para treinos mais intensos, já que possui BCAA em alta quantidade em sua composição, ajudando na reposição energética aos músculos.

-Albumina (clara do ovo): é o suplemento produzido a partir da proteína extraída da clara do ovo, possui alto valor biológico e pode ser obtida de forma fácil e barata, sendo uma das mais utilizadas no meio da musculação.

Ela pode também ser acrescentada em receitas, tornando sua ingestão mais simples e valorizando os valores investidos. Como benefícios, podemos citar: os custos (é relativamente mais barata que os outros suplementos); pode ser utilizada a qualquer momento do dia, sendo recomendada a ingestão pela manhã ou à noite antes de dormir; ajuda na recuperação muscular, no aumento da saciedade e também da massa muscular magra; auxilia na melhoria de saúde de doenças crônicas, como a cirrose hepática.

-Whey protein (soro do leite): é o suplemento alimentar mais famoso. Produzido a partir da proteína extraída do soro do leite, possui aminoácidos importantes, como leucina, valina (BCAA) e glutamina, para quem pratica exercícios físicos e musculação. 

Existem três tipos: concentrado, hidrolisado e isolado, e sua principal utilização é para o ganho de massa muscular, já que as proteínas garantem mais velocidade na reparação dos músculos após as microlesões sofridas nos treinos. Auxilia também na fibra muscular a ser reparada, ficando maior e mais forte. Vale ressaltar que o seu uso só é benéfico se houver a prática de exercícios físicos e dietas para manter uma alimentação balanceada.

Últimas Notícias