Governo da Bahia
iG
Notícias

Jorge Solla acusa ACM Neto de usar prefeitura como máquina eleitoral

O deputado federal (PT-BA), falou no plenário da Câmara, em Brasília

16/05/2017 - 20:34

O deputado federal (PT-BA) Jorge Solla acusou o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), de  usar o dinheiro público de Salvador para fazer política pensando na eleição de 2018, "comprando políticos e veículos de comunicação".

Em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, Solla disse que ACM Neto está nomeando para cargos com função pouco relevante e com salários na casa dos R$ 15 mil lideranças do interior, "mesmo alguns já cassados por corrupção, com ficha sujíssima, para em troca receber apoios em 2018". 

De acordo com o deputado, o prefeito de Salvador "também está usando da publicidade oficial da prefeitura para anunciar em rádios do interior benfeitorias na capital, uma autopromoção escandalosa".

O deputado disse que ACM Neto é "o que há de mais antigo e ultrapassado no método de fazer política".

A Prefeitura de Salvador, segundo Jorge Solla, foi transformada em "cabide eleitoral para ex-prefeitos, ex-lideranças dos municípios do interior do Estado".

Em seu pronunciamento Solla citou a nomeação do ex-prefeito de Amargosa para chefe de gabinete, segundo ele "um campeão de cheques sem fundos no Brasil". Foram "1.163 cheques sem fundos", disse.

Últimas Notícias