Governo da Bahia
iG
Notícias

Policial atira em homem que esfaqueava filha de 2 anos

Ele mantinha ex-companheira e três crianças como refém em um carro

Leiajá, site parceiro do Leiamais.ba | 14/11/2017 - 14:51

Um homem extrapolou em atos de violência contra três crianças e uma mulher de 21 anos. De acordo com a imprensa de Mato Grosso, onde aconteceu o fato, um pai esfaqueava sua filha de dois anos e, antes que matasse a criança, um policial civil teve uma atitude para impedir o pior: atirar no agressor. 

O caso que chocou a cidade, ainda envolveu mais duas crianças – de quatro e seis anos - e a ex-companheira do homem, uma mulher de 21 anos. Todos estavam sendo mantidos reféns em um carro. A polícia ainda apreendeu com ele um canivete e duas facas. Conforme descrito em boletim de ocorrência, o homem entrou em contato com a ex-esposa e como isca, marcou um encontro com ela. Lá, ele obrigou todos a entrarem no carro sob ameaças. 

A atitude pareceu suspeita e uma viatura com investigadores da delegacia da mulher – que passava no local durante o momento – iniciou uma perseguição. Ele ainda chegou a arrastar a mulher pelo asfalto e, em seguida, o veículo se chocou a outro carro e foi nesse momento que os policiais se dirigiram às vítimas.

Ao se aproximarem o homem começou a esfaquear a criança de dois anos nas costas, então o policial atirou no agressor impedindo que ele continuasse com os golpes. Ele foi preso e autuado por tentativa de homicídio e as vítimas socorridas pelo SAMU. Em 2017, o homem já havia sido condenado por estupro majorado o que significa o crime contra filho ou enteado.

Últimas Notícias