Governo da Bahia
iG
Notícias

Governo vai implantar cursos técnicos da área cultural em escolas

"Serão cursos para produtores, iluminadores, cenógrafos, entre outros", afirmou Rui

Da Redação | 24/11/2017 - 15:35
Foto: Manu Dias/GOVBA

Todas as escolas culturais da Bahia terão uma escola técnica para a cadeia produtiva da cultura. O anúncio foi realizado pelo governador Rui Costa durante o lançamento do Projeto Escolas Culturais no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Guanambi, no sudoeste do estado, nesta sexta-feira (24).

“Serão cursos para produtores, iluminadores, cenógrafos, entre outros, para que os alunos possam no futuro trabalhar nos grandes shows e nas grandes produções", afirmou Rui. 

O governador acrescentou que o objetivo é "transformar a vida das pessoas. Educação não é apenas português, matemática, história e geografia. Arte e cultura também são educação. Aqui, em Guanambi, nós ainda vamos incorporar a área da frente ao colégio e construir uma quadra coberta”. No último dia 17, Rui já havia anunciado, no lançamento do projeto em Teixeira de Freitas, que as escolas culturais também terão um núcleo do Programa Neojiba. 

Nesta sexta (24), os estudantes do Colégio Modelo recepcionaram o governador com apresentações de cordel, capoeira, dança afro e do Terno de Sol, uma variação do Terno de Reis que conta a história do sol e da lua.

Com o projeto no município, diversas manifestações culturais estarão acessíveis a toda a sociedade, e não apenas para a comunidade acadêmica, em oficinas, apresentações e cursos abertos ao público, realizados na própria escola.  

Na ocasião, Rui explicou como surgiu a ideia das Escolas Culturais. “Já visitei aproximadamente 270 escolas desde que assumi o governo e, ao longo das minhas visitas, fui percebendo a vida pulsando em cada unidade. Em Brumado, eu vi uma sala de aula ser transformada em sala de cinema e estava exibindo filmes para a cidade. Na Bahia, 90% das cidades não têm salas de cinema. Então, vendo essas iniciativas, resolvemos transformar as escolas em espaços culturais abertos para a sociedade; para cada escola ter uma sala de cinema, um palco para o teatro, para todas as atividades culturais”.

Educar para Transformar

O projeto, que faz parte do Programa Educar para Transformar, é uma iniciativa conjunta das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil.

A iniciativa tem o objetivo de promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida.

No total, 85 unidades escolares da rede estadual vão receber o projeto. Esses colégios estão focados no fortalecimento e na dinamização do ambiente escolar, visando potencializar os projetos estruturantes artístico-culturais que desenvolvem, além de fomentar atividades voltadas para o perfil da unidade.

Os secretários de Cultura, Arany Santana, de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Agricultura, Vitor Bonfim, acompanham Rui em Guanambi.

 

Últimas Notícias